Rio de Janeiro, 17 de janeiro de 2017 08:44 Ver em Português See in English Ver en Español
Pesquise na Abraman:
Digite algo
Facebook Linkedin Twitter Youtube
Notícias 30°CBMGA / EXPOMAN 2015 Indústria estende vida útil de ativos

Documento Nacional, divulgado nesta quinta-feira, 06/08, também apresenta dados sobre paradas técnicas e queda nos treinamentos de profissionais.


O Documento Nacional 2015, estudo elaborado pela Abraman a cada dois anos, que avalia a situação da Manutenção de Ativos no Brasil e traz as principais tendências do setor, apresentou dados preocupantes este ano. Foram registras queda no tempo médio de treinamento do profissional, aumento do tempo e da frequência de paradas técnicas para manutenção, além de aumento da vida útil dos equipamentos.

A análise, interpretação, consolidação e confecção do Documento ficaram a cargo de Gabriel Silva, Engenheiro de Terminais e Dutos na Petrobras / Transpetro.

Entre os destaques do estudo deste ano, Silva comenta a queda do custo relativo com o pessoal de Manutenção e o arrefecimento dos treinamentos - de 3,9%, em 2013, para 2,7% em 2015.

Outro item que também apresentou queda foi a disponibilidade dos equipamentos. No Documento Nacional 2015, a disponibilidade do parque fabril caiu de 89,3% para 88,7%, e a indisponibilidade por paradas para manutenção subiu para 6,32%, com diferença de 0,17% do estudo anterior. A indisponibilidade por outros fatores subiu de 4,6% para 5%.

Também preocupa a idade média dos equipamentos, que subiu quase três anos – de 16,9 anos, em 2013, para 19,7 anos em 2015. Silva destaca que o Documento Nacional foi apresentado de forma compilada, mas destaca a importância da pesquisa para a indústria e a necessidade de participação das empresas.
 

ABRAMAN - Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos
Av. Marechal Câmara, 160 - Sala 320 - Edifí­cio Orly - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
CEP 20020 080 - Telefone: (55) (21) 3231 7000 - Fax: (55) (21) 3231 7002
Desenvolvido por: